Do Mineirão ao Camp Nou: A ascensão de Vitor Roque

Hugo Bourguignon

Hugo Bourguignon

5

Atuando há apenas dois meses no Barcelona, Vitor Roque ainda não conseguiu conquistar a confiança de Xavi. Enfrentando uma forte competição no clube espanhol, o atacante brasileiro viu significativa redução em seu tempo no campo em comparação com sua passagem pelo Athletico.

Sob a sombra de Lewandowski, Roque tem sido utilizado em diferentes posições no ataque catalão, ao invés de ser exclusivamente um centroavante.

Até o último dia 7 de março, segundo o GE, Vitor Roque participou de 9 jogos com a camisa do Barça, sendo titular em apenas 1 deles, na vitória por 2 a 1 sobre o Celta, pela La Liga, em 17 de fevereiro. Sua média de minutos em campo é de apenas 22 por partida.

No entanto, ainda há muita expectativa sobre o que Vitor Roque pode entregar. A seguir exploraremos a trajetória meteórica do jogador, e como um jovem talento do futebol brasileiro capturou os olhares atentos dos recrutadores do Barcelona.

Imagem de Vitor Roque no Barcelona

Começo da carreira

Vitor Roque começou sua carreira no mundo do futebol quando ingressou nas categorias de base do Cruzeiro. O clube mineiro, conhecido por sua tradição na formação de jovens talentos, viu em Roque um potencial extraordinário.

Vitor Roque chegou ao clube em fevereiro de 2019 e destacou-se na base do clube, especialmente no Sub-17 em 2021, despertando o interesse do Barcelona.

Durante sua passagem pela categoria Sub-17, marcou 19 gols, sendo chamado para treinar com o time principal em outubro. Estreou pelo profissional em um empate contra o Botafogo, mas sua participação foi curta por questões físicas.

Pelo time principal foram 16 jogos, 6 gols e 1 assistência antes de ser transferido.

Sua saída conturbada para o Athletico foi marcada por desentendimentos contratuais entre seu empresário e o clube, resultando em críticas da diretoria do Cruzeiro, incluindo o presidente Ronaldo Fenômeno.

De repente, veio a situação do Vitor Roque, que pegou a gente de surpresa. Não tinha nenhum diagnóstico do jogador, nenhuma reclamação. A gente estava discutindo renovação do contrato e, de repente, meio que na calada da noite, foi feito isso aí.

- Ronaldo Fenômeno, em declaração sobre o caso.

O Athletico investiu R$24 milhões para contratar a jovem promessa do Cruzeiro. Esse valor equivalia à cláusula de rescisão para transferências nacionais do jogador, enquanto a cláusula para transferências internacionais era de R$1 bilhão.

O impacto de Vitor Roque no Athletico

A passagem de Vitor Roque pelo Atlético Paranaense foi marcada por uma contribuição significativa tanto dentro quanto fora de campo.

O jogador, conhecido por sua habilidade técnica e visão de jogo apurada, rapidamente se estabeleceu como peça fundamental no esquema tático da equipe.

Vitor Roque ingressou no Athletico em abril de 2022, fazendo sua despedida diante do Santos, em um confronto válido pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro em dezembro de 2023. Durante sua passagem, disputou 81 jogos, marcando 28 gols e fez 10 assistências.

Ele conquistou o título paranaense em 2023 e foi vice-campeão da Libertadores na temporada 2022, com a derrota para o Flamengo em Guayaquil sendo o momento mais doloroso de sua passagem pelo clube.

O Athletico fechou a venda do jovem atacante de 18 anos para o Barcelona por R$395 milhões (equivalente a 74 milhões de euros). O contrato terá duração de seis anos, com possibilidade de renovação por mais um, e inclui cláusulas variáveis relacionadas ao desempenho individual e coletivo, além de considerações fiscais.

O valor total do acordo supera a venda de Endrick para o Real Madrid, que girou em torno de R$385 milhões (equivalente a 72 milhões de euros). O Palmeiras também fechou um acordo semelhante, com uma parte fixa e outra vinculada a metas.

Convocações para a seleção nacional

Em 2020, Vitor Roque foi convocado para um período de treinamentos da seleção Sub-16, demonstrando seu potencial desde cedo. Porém, foi na categoria Sub-20 que ele começou a se destacar ainda mais.

Em maio de 2022, foi selecionado para o ‘Torneio Internacional do Espírito Santo’, onde contribuiu com um gol na vitória por 7 a 0 sobre o Uruguai, ajudando o Brasil a conquistar o título.

Sua jornada no Sub-20 também incluiu participações em amistosos e a convocação para o ‘Campeonato Sul-Americano’ de 2023. Neste torneio, Roque brilhou intensamente, terminando como artilheiro da competição ao marcar 6 gols, além de uma assistência.

A atuação de Vitor Roque não se limitou às categorias de base. Em agosto de 2023, ele foi convocado para a seleção Sub-23 visando os ‘Jogos Pan-Americanos’ e o ‘Torneio Pré-Olímpico’.

No entanto, foi em março de 2023 que Roque alcançou outro marco significativo em sua carreira ao receber sua primeira convocação para a seleção principal. Sua estreia ocorreu em um amistoso contra Marrocos.

Resumo dos dados das convocações de Vitor Roque para as seleções brasileiras

Tabela com informações das convocações de Vitor Roque para as seleções brasileiras:
Sub-20 - 2023 13 jogos 7 gols e 1 assistência
Sub-23 - 2023 1 jogo sem gols e sem assistências
Seleção Principal - 2023 1 jogo sem gols e sem assistências

Desafio de Vitor Roque no Barcelona

Embora a chegada de Vitor Roque ao Barcelona tenha gerado grande expectativa entre os torcedores e a comunidade do futebol em geral, sua transição para o clube catalão não tem sido sem desafios.

Apesar de seu potencial indiscutível, o jovem de 19 anos vive momentos de expectativa. Com cautela, para alguns até demais, Xavi parece estar gostando do início de Vitor Roque no clube - que pode ganhar e muito com o brasileiro.

Perguntado sobre os poucos minutos em campo da promessa brasileiro, o treinador não hesitou em responder:

É a concorrência. Compete com Lewandowski e com todos os atacantes que temos no elenco. Não é fácil. Teve minutos, teve oportunidades, creio que nos ajudou e pode nos ajudar mais até o fim da temporada. Se tiver gana, vai participar e jogar, como todos.

- declarou Xavi, em coletiva de imprensa.

A distribuição de tempo em campo é em grande parte atribuída a Xavi. Em uma entrevista coletiva após as primeiras oportunidades do jogador brasileiro, o treinador espanhol explicou que Roque está passando por um plano de desenvolvimento especial na Espanha.

Ao chegar à Catalunha, Vitor Roque passou por um período de treinamento no Barcelona para recuperar sua forma física, após ter sofrido uma lesão no Athletico antes da transferência

Além disso, o centroavante aproveitou as atividades para se entrosar com seus novos companheiros de equipe no Camp Nou. Todos esses elementos se somam à sua adaptação ao novo continente, considerando que o jogador brasileiro ainda é bastante jovem.

Em outras palavras, Xavi Hernández está evitando pressionar Vitor Roque prematuramente. A expectativa é que o técnico dê seu voto de confiança para Vitor Roque engrenar uma sequência e explorar todo seu potencial.

1 avaliações, média 5 sem 5